CONSULTAS ONLINE E PRESENCIAL

CONSULTAS ONLINE E PRESENCIAL TELEMOVEL e WHATSAPP +351 91 991 8225

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Supervisão Clínica

 



A supervisão de casos clínicos é considerada como um dos três pilares da formação de um psicoterapeuta, juntamente com a própria psicoterapia e o estudo de textos.

A carreira de psicólogo exige um investimento permanente na formação e na actualização de conhecimentos teóricos e práticos, para poder dar resposta aos desafios da profissão de modo competente.

Pelo que, a supervisão clínica em psicologia se assume como um processo fundamental para a formação teórico-prática dos psicólogos, e em especial daqueles que pretendem ou exercem em contexto clínico e desejam especializar-se em psicoterapia.

De um modo geral, a supervisão clínica em psicologia é definida como um processo de ensino e de aprendizagem, de relação formal e colaborativa entre supervisor e supervisando, com vista ao desenvolvimento de competências terapêuticas essenciais para o exercício pleno da prática clínica.

supervisão clínica tem como objetivo desenvolver competências de reflexão clínica, tomando como base os casos clínicos acompanhados, bem como melhorar capacidades relacionais específicas, essenciais para o estabelecimento de uma boa relação terapêutica.

Qual a importância da Supervisão Clínica em Psicologia?

A supervisão clínica em psicologia constitui um elemento essencial para a boa prática clínica, favorecendo a interligação entre a teoria e a prática, permitindo a adequação da atitude do Psicoterapeuta às necessidades específicas de cada paciente, em contexto clínico. Neste sentido, o principal objectivo da supervisão passa pelo desenvolvimento de competências profissionais, de habilidades terapêuticas, e de princípios éticos e interpessoais do papel do terapeuta na intervenção clínica.

Modalidades de supervisão clínica em Psicologia

A supervisão pode ser:

-Individual. Tem uma duração de cerca de 50 minutos

-Em grupo. O grupo constitui-se quando há 2 ou mais supervisandos, até 4 elementos preferencialmente.

Uma supervisão de grupo tem uma duração variável, consoante o número de elementos que o integra, uma vez que, cada participante tem cerca de 25 minutos para expor as suas dúvidas e casos que acompanha. Nesse período de tempo, cada elemento pode expor mais de uma vez os seus casos e dúvidas, de forma rotativa e equitativa entre todos.

A Supervisão Clínica pode ser presencial ou online

 A modalidade online (videoconferência) favorece a interação e acessibilidade ao supervisor a qualquer momento, o que por si só também fortalece a relação com o supervisor. Esta modalidade mantém a mesma qualidade e regras que a presencial.

Como devo escolher um supervisor?

O supervisando deve fazer a escolha do seu supervisor a partir de um processo de identificações. Deve identificar-se quer com o perfil do supervisor, quer com a abordagem teórica profissional que este utiliza, pois estas identificações serão essenciais para manter a sua motivação e para alcançar um resultado satisfatório.

Saliento ainda, a importância da selecionar um supervisor credenciado. A supervisão deve ser dada por um psicólogo especialista em Psicoterapia, com mais de 7 anos de prática clinica e com grande conhecimento teórico-científico. É igualmente importante a ligação do supervisor a uma Associação/Sociedade na área da Psicologia ou Psicoterapia, enquanto formador, pois isso confere-lhe além da qualificação, a habilidade para o processo de ensino.

Maria de Jesus Candeias, Psicoterapeuta e Supervisora Clínica


Sem comentários:

Enviar um comentário

Supervisão Clínica

  A supervisão de casos clínicos é considerada como um dos três pilares da formação de um psicoterapeuta, juntamente com a própria psicotera...

Publicações mais lidas